#56 O Pai Nosso e as necessidades humanas

10 de setembro de 2016

Fala, cabraiada! Chegamos ao fim da nossa série sobre a oração do Pai Nosso. Neste terceiro episódio nos concentraremos nas três últimas petições da oração que se concentram nas necessidades do homem e em sua dependência cotidiana de Deus! Para tanto, a cabrueira contou com o reforço do baiano Márcio Jackson! Se avexe e aperta logo o play!

No Balaio

Redes Sociais

Email

Mande um e-mail aí Cabra da Peste

RSS Feed

Assine o nosso feed e tenha sempre OsCabraCast com você!

Deixa de leriado e ouça aí

Download da versão zipada, aqui.

Na trilha do episódio

Créditos

A edição ficou por conta de Ivandro Menezes.
A vitrine deste episódio é de Rafa Souza.
Vinhetas criadas por Ariel Jaeger.
O tema de abertura é a música Cangaço da banda paraibana Cabruêra.

Faça seu comentário Cabra da Peste


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

6 comments on “#56 O Pai Nosso e as necessidades humanas

  1. Lourival Gonçalves set 12, 2016

    Pensei que a série iria durar uns 10 episódios. kkkkk. Já baixado!

  2. Essa série é ótima. Aprendendo e refletindo muito com o “Pai Nosso”. E passou tão rápido… :/
    Parabéns pelo episódio!

    Abraço
    EddieTheDrummer (PADD)

  3. Lourival Gonaçalves set 14, 2016

    Pra mim encerraram com chave de ouro.Destaque pra Ivandro. Esse bichinho foi o bicho nesse episódio.kkk
    Recentemente preguei sobre a questão do perdão proveniente de Deus aos perdoarmos,porém não como algo que possibilite a barganha com Deus que o Ivandro ressaltou e que achei excelente.Claro que o perdão não estará condicionado a um prática que permita a minha exaltação como informa II Co 4:7 :
    “Temos, porém, esse tesouro em vasos de barro, para demonstrar que este poder que a tudo excede provém de Deus e não de nós mesmos.”Mas a bíblia nos mostra que a prática de desamor,logo nos impossibilita de sermos perdoamos mesmo dizendo que amamos a Deus como também informa I Jo 4:20:
    “Se alguém declarar: “Eu amo a Deus!”, porém odiar a seu irmão, é mentiroso, porquanto quem não ama seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não enxerga. ”
    Penso que embora o perdão de Deus não está condicionado a prática do perdão baseada no interesse,mas na prática verdadeira do perdão e daquele que foi transformado.Se não perdoa não mostro nenhuma evidência do novo nascimento.Veja as seguintes referências :
    “Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento” Mateus 3:8
    “Em tudo te dá por exemplo de boas obras; na doutrina mostra incorrupção, gravidade, sinceridade,” Tito 2:7.
    Aprendi uma frase onde diz que não somos perdoados por muito amar a Deus ,mas somos perdoados por Ele muito nos amar.Mas um dos capítulos que amo é Felipenses 2.Permite colocar os primeiros oito versículos aqui:
    Portanto, se há algum conforto em Cristo, se alguma consolação de amor, se alguma comunhão no Espírito, se alguns entranháveis afetos e compaixões,
    Completai o meu gozo, para que sintais o mesmo, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, sentindo uma mesma coisa.
    Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo.
    Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros.
    De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,
    Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,
    Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
    E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.
    Filipenses 2:1-8.
    Se Jesus desceu dos céus e foi humilhado e levado a morte,o apóstolo nos chama a termos o mesmo sentimento no versículo 5.Sentimento de quem?De jesus.
    Parabéns ótimo podcast.Lindo demais!

  4. Eduardo Urias set 15, 2016

    Fala cabraiada!!!! Muito bom esse desfecho da trilogia!!!
    Feliz será aquele que ouvir todos os episódios. Garanto que depois de ouvi-los não mais verão a oração do Pai Nosso da mesma maneira.
    Hoje vou ficar por aqui!
    Sem textão! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Fiquem na santa paz! Que Deus abençoe essa cabraiada toda dessa podosfera arretada!!!

  5. Victor Paiva set 16, 2016

    ótimo episódio! Só penso que existem MUITAS controvérsias sobre esse significado do perdão, como foi falado no episódio. Ainda mais porque ficou meio vago. Mas enfim…rsrssrsr…vocês são demais! Continuem glorificando a Deus dessa maneira. Abraços.

  6. Willian Rochadel nov 25, 2016

    Que demais esse episódio, cada reflexão, cada detalhe!

OsCabraCast © 2015